By Erenito Junior / AppleDestaquesDicasIOSMarcasVideos / / 0 Comments

O iPhone é um dos aparelhos mais pirateados do mundo, devido ao grande interesse entre os usuários, especialmente no Brasil. Tentando levar vantagem no grande interesse que a Apple desperta em usuários do mundo todo, muitas empresas fabricam réplicas, clones praticamente perfeitos dos iPhones, mas com preço muito mais barato e, logicamente, com especificações inferiores. Veja como descobrir se um iPhone 6  é original ou falso e evite golpes.
Vamos usar por base um iPhone 6, mas algumas das dicas servem para todos os modelos.

Saiba como identificar se um iPhone é falso ou original (Foto: Erenito Junior/JNTelecom)
Saiba como identificar se um iPhone é falso ou original (Foto: Erenito Junior/JNTelecom)

 Identificando por meio da caixa ( iPhone 6 )

A caixa original do iPhone 6 não traz nenhum desenho no telefone na sua face superior. A única coisa que vemos é o formato do próprio iPhone em alto relevo. Portanto, se a caixa do iPhone 6 que você estiver pretendendo comprar possuir algum desenho do celular na parte de cima, você já sabe que ela é falsa.

Caixa, iPhone e Acessórios (Foto: Erenito Junior/JNTelecom)

Na parte inferior da caixa do iPhone 6 verdadeiro a Apple coloca várias inscrições, tais como a capacidade do aparelho e uma série de letras miúdas que trazem informações técnicas do aparelho. Essas informações ocupam praticamente toda a parte inferior da caixa. Os iPhones piratas não apresentam nenhuma informação nesta parte da caixa. Assim, é interessante observar esse aspecto também.

O nome “iPhone”, gravado num dos lados da caixa, é na cor do aparelho, ou seja, Cinza, Prata ou Dourado. Já nas caixas dos iPhones falsos, geralmente essa cor vem sempre em dourado, independente da cor do aparelho. E nunca da mesma tonalidade do dourado da Apple, é sempre mais chamativo.

Ao se abrir a caixa do iPhone 6 original, percebemos que a primeira tampa plástica, que fica logo abaixo do aparelho, possui um orifício para a câmera traseira. Nos modelos falsos essa tampa plástica não possui o orifício para a câmera traseira, como na imagem acima.

No envelope que se encontra dentro da caixa do iPhone 6 autêntico, encontramos o clipe para a remoção da gaveta do SIM card. Já no iPhone 6 ilegítimo esse pequeno clipe metálico vem já dentro da caixa, escondido sob o carregador. Às vezes ele nem chega a ser incluído no pacote.

No envelope do iPhone 6 pirata percebemos claramente, por meio do manual que vem nele, que se trata de um aparelho falso. A documentação que vem na caixa original é mais completa e de mais bom gosto, com desenhos e um material mais sólido, além de uma cartela com dois adesivos da Maçã.

Por fim, dentro da caixa, vemos que o verdadeiro da Apple possui três espaços: um para os fones de ouvido, outro para o carregador e o último para o cabo Lightning. Já na caixa do aparelho falso só encontramos dois espaços: um para os fones de ouvido, na parte de cima e outro para o carregador. O cabo fica abaixo da fonte de alimentação. Ou seja, bem diferente do design apresentado na caixa original.

Observe os fones de ouvido. Os fones originais possuem controle de volume e microfone. Alguns modelos pirateados só possuem microfone, sem o controle de volume.

Identificando diretamente no aparelho

A forma mais fácil de saber se um iPhone 6 é original ou não, é testando o seu sensor de digitais, chamado de Touch ID. Os modelos originais apresentam esse sensor no Home Button, por meio de um anel metálico. Ele permite que você cadastre as suas digitais e desbloqueie o aparelho por meio delas. Já as versões falsos não apresentam essa tecnologia, pois ela é muito avançada e até agora só a Apple possui uma tão eficiente e rápida.

iPhones 6 piratas não contam com Touch ID (Foto: Divulgação)

Se você puder comparar os dois, veja na parte traseira o nome “iPhone” bem como as informações referentes aos órgãos governamentais, tais como FCC, Anatel e outros. A do iPhone original se encontra bem mais perto da borda inferior. Os dos modelos piratas ficam mais próximos do centro.

A logo do aparelho original, ou seja, a tradicional maçã mordida que vem em todos os aparelhos da Apple, é menos reflexiva, mais opaca. Já nos aparelhos ilegítimos ela atua muito mais como um espelho, refletindo um número maior de objetos.

Também é muito simples identificar um aparelho original de um pirata por meio do flash da câmera. O flash dos aparelhos falsos é bem mais amarelado que o do verdadeiro. Nos iPhones 6 originais, o flash assume um tom de amarelo misturado com rosa. Isso por que ela é um flash de três tons. Portanto, se o iPhone 6 que você tiver em mãos possuir um flash amarelo, ele certamente é falso.

O flash do iPhone original é o conjunto de três cores (Foto: JNTelecom)
O flash do iPhone original é o conjunto de três cores (Foto: JNTelecom)

Identificando através do software

O software é bem parecido, mas podemos notar algumas inconsistências. Por exemplo, ao se ligar a tela, a frase “deslize para desbloquear” no iOS original tem um efeito de luz, que fica percorrendo toda a frase. Já no iOS pirata a frase é sólida, sem qualquer efeito.

Em alguns modelos falsos o indicador de porcentagem da bateria, que se encontra na parte superior direita, é azul. No iOS original ele é branco. A fonte também muda, nos modelos ilegítimos é uma fonte maior e mais grossa.

Ao deslizar para desbloquear vemos claramente que o iPhone não original apresenta um lag, ou seja, uma travada bem grande para exibir a animação. Já no iPhone 6 verdadeiro isso não acontece, o sistema é bem fluído.

Outra dica legal para se identificar um aparelho pirata é tocar duas vezes no botão Home. Nas versões originais, isso faz com os apps que se encontram no topo da tela desçam para o meio. Esse é um recurso para facilitar o uso do iPhone 6 com apenas uma mão. O iOS falso não conta com este recurso.

Abra os apps nativos, tais como Clima, Bolsa de Valores e outros. Se você já usou um iPhone original com certeza vai notar de cara a diferença. Os apps nativos do iOS pirata só são iguais no ícone, mas internamente são diferentes.

Abra a App Store. Se for o iPhone 6 original você vai para a loja de apps da Apple. Agora, se for um modelo falso, ou você vai parar na Google Play ou então em alguma loja de apps chinesa, inclusive com vários, senão todos, os caracteres em chinês. Essa também é uma ótima maneira de se identificar um iPhone falso.

E, por fim, como dica final, veja a versão do sistema operacional. Vá em Ajustes, Geral e depois em Atualização de Software. Lá você verá a versão do seu sistema. Se for o iOS 8.x.x há grandes chances de ser um iPhone real. Mas se lá informar que a versão do sistema é Android, pode ter certeza que você tem em mãos um aparelho falso.

Esse vídeo abaixo demonstramos 2 iPhones 5S Falsos, um inclusive um deles está aberto.
Confira:

Então é isso. Apesar dos aparelhos falsos serem bem parecidos com os originais, através dessas dicas você conseguirá identificar de várias maneiras se um iPhone 6 é falso ou original.

 

By Erenito Junior / AppleDestaquesMarcasNoticias / / 0 Comments

Canadense de 16 anos sofreu graves queimaduras após seu iPhone explodir enquanto estava conectado a um carregado não original.

Um canadense de 16 anos de idade sofreu graves queimaduras no corpo após seu iPhone explodir.

O dispositivo do adolescente de Alberta, no Canadá, pegou fogo enquanto estava conectado a um carregador não original.

O fato acabou reacendendo a polêmica sobre os cabos elétricos paralelos encontrados à venda.

A vítima se machucou e ainda teve seu colchão e parte de seu quarto destruídos pela explosão.

O acessório que carregava o iPhone havia sido comprado em um posto de gasolina, e não tinha certificações de garantia e segurança.

A Apple já se pronunciou em outra ocasião informando dos perigos de usar carregadores paralelos para manter a bateria do iPhone em nível elevado.

Fonte: TecMundo

By Erenito Junior / AppleDestaquesDicasMarcas / / 0 Comments

O iPhone é um dos celulares mais adorados do mundo, e justifica essa idolatria por meio de seus avançados recursos e de seu design diferenciado. As diversas funcionalidades que ele possui também agradam qualquer amante de tecnologia.

São tantas opções neste smartphone que provavelmente, muitas acabam passando despercebidas pela maioria dos usuários. Por isso, separamos aqui 5 funcionalidades do seu iPhone que você provavelmente não conhecia e vai conhecer agora, confira!

1 – Leia para mim

O aplicativo Siri ainda não fala português, mas, caso você seja bom no inglês, eis aqui uma ótima funcionalidade. É possível pedir para que o assistente leia seus e-mails!

Basta acionar o aplicativo, dizer “read my email” e ele dirá o nome do remetente, a hora e data da mensagem e o assunto. Você pode também dizer “read my latest e-mail” ou “do i have e-mail from [nome da pessoa]?”. Ideal para quando você chega do trabalho e só quer descansar os olhos depois de um dia inteiro em frente ao computador.

2 – Sacode que sai

Falando em mensagens, caso você esteja escrevendo alguma e desista dela no meio, querendo mudar o conteúdo, não precisa segurar backspace para desmanchar tudo. Há um modo mais rápido de fazer isso.

Basta você chacolhar o celular. Fazendo isso, aparecerá a mensagem “Desfazer digitação”, aí é só confirmar e voltar a escrever do jeito que você achar melhor.

3 – Salvando a bateria

Você está na rua ou no trabalho sem o seu carregador, e ainda vai demorar para voltar para casa. Percebe então que a bateria está prestes a acabar. Uma funcionalidade do iPhone pode te salvar nesse momento crítico.

Basta você desligar alguns recursos que a bateria irá durar muito mais. Você deixa o aparelho funcionando apenas com as funções básicas, como ligar e receber ligações e trocar mensagens. É só ir em Opções e desabilitar recursos como Wi-fi, 3G, Vibracall e brilho.

Outra boa recomendação se tratando da bateria é colocar o celular em Modo avião, desta forma, ele irá carregar duas vezes mais rápido.

4 – Vibração personalizada

Já faz muito tempo que qualquer celular permite definir ringtones diferentes para cada contato. O iPhone, por sua vez, vai além com esse recurso pouco conhecido: a vibração personalizada.

Você pode definir diferentes tipos de vibracall para seus amigos. Quando sentir o aparelho vibrando no seu bolso, já saberá de quem se trata. É só acessar um contato, clicar em Editar e Vibração.

5 – Fotografia fácil

As selfies andam em alta, e o iPhone te ajuda a caprichar nos autorretratos com mais esse recurso. Com ele, você não precisa da tela sensível para capturar as imagens.

É só conectar o fone de ouvido e apertar o botão de aumentar volume. Isso ajuda a dar muito mais estabilidade para a sua foto, além de permitir explorar diferentes ângulos.

Com essas dicas, sua experiência com iPhone ficará ainda mais interessante e prática. Procure explorar o aparelho e descobrir novas funcionalidades, pois há outras mais que certamente irão ser úteis também.

Há alguma que você conheça e utilize e queira recomendar? Deixe um comentário para os outros usuários!

By Erenito Junior / AppleDestaquesMarcasTutoriais / / 1 Comment

Geralmente quando a Apple disponibiliza um iOS novo, ela para de assinar (ou seja, validar) o iOS que foi substituído, fazendo com que o downgrade simples seja impossível. No entanto, pelo menos por enquanto, ainda é possível voltar para o iOS 7.1.2 caso você já tenha instalado o iOS 8. Confira abaixo o processo para voltar ao iOS antigo:

Aviso: para voltar ao iOS 7.1.2 você terá de abrir mão do seu backup, já que uma vez de volta aos iOS 7.1.2 você não poderá restaurar os seus dados a partir do backup do iOS 8. Portanto, salva o máximo das suas fotos, dados e arquivos antes o fazer o downgrade.

Passo 01

Faça backup do seu aparelho. Dessa forma, se algo der errado, você poderá voltar ao iOS 8.

Passo 02

Baixe o firmware do iOS 7.1.2 para o seu computador. Os links para cada aparelho estão no final deste post.

Passo 03

Conecte o seu aparelho ao iTunes, e aguarde que a tela correspondente a ele seja exibida.

Passo 04

Se estiver usando um Mac, segure a telca Option do teclado, e em seguida selecione o botão Restaurar iPhone. Se estiver usando um PC, segure a tecla Shift antes de selecionar Restaurar iPhone.

Passo 05

Encontre no seu computador o arquivo IPSW que você baixou no Passo 02, e aperte Abrir.

download

Passo 06

Aguarde até o final do processo. O seu iPhone deverá reiniciar já com o iOS 7.1.2 instalado. Caso você tenha algum backup do iOS 7.1.2 salvo no seu computador ou no iCloud, você poderá restaurar para ter seus dados de volta. No entanto, caso você só tenha backup do iOS 8, não poderá restaurar a partir de um backup. Neste caso, será como se você tivesse um iPhone novo. ;)

Lembrete: este processo de downgrade poderá parar de funcionar a qualquer momento, se a Apple parar de assinar o iOS 7.1.2. Se estiver pensando em fazer o downgrade, seja rápido!

Links de download do IPSW

O modelo referente ao seu aparelho está impresso na parte de trás dele. Confira-o bem antes de baixar.

iPhone

iPad

iPod touch

  • iPod touch 5ª geração: link

Fonte: blogdoiphone

By Erenito Junior / AppleDestaquesMarcasNoticias / 0 Comments

Quando a Apple anunciou o iPhone 6, ela não falou nada sobre ele ser flexível ou não. Alguns usuários, no entanto, descobriram da pior maneira que, sim, ele é flexível; ele só não volta ao normal depois de flexionado. Isso mesmo: as pessoas estão relatando curvaturas inesperadas depois de algum tempo de deixar o aparelho no bolso.

Aparentemente, isso pode acontecer com qualquer um, mas os principais afetados parecem ser os compradores do iPhone 6 Plus. O iPhone pode se dobrar só de deixar no bolso na hora de sentar ou para quem tem um dia mais agitado, conforme o relato de um usuário que disse que o manteve no bolso durante um casamento com dança e tudo mais.

Algumas das pessoas que relatam o incidente dizem que a Apple não parece disposta a trocar os aparelhos danificados sem custos. Os reparos estão avaliados na casa das centenas de dólares.

iPhones curvados não são incomuns e os relatos aparecem desde a chegada do iPhone 5, quando foi feita a transição para o alumínio. No entanto, conforme os aparelhos vão ficando mais finos e maiores, a área de pressão aumenta, tornando a ocorrência destes incidentes mais fácil.

Fica a recomendação: evite manter o iPhone 6 no seu bolso enquanto senta ou se movimenta demais.

Veja outras fotos:

 

Via Olhar Digital

By Erenito Junior / AppleDestaquesMarcas / / 0 Comments

Os novos iPhones da Apple foram lançados recentemente, mas somente hoje é que eles realmente começaram a ser vendidos em lojas físicas. Agora que os aparelhos já estão disponíveis em algumas localidades, o primeiro vídeo drop test já saiu e você pode ver qual é o real nível de resistência do iPhone 6 e do 6 Plus.

Pelo que podemos conferir, o modelo menor se comportou bem e sofreu danos consideráveis apenas na terceira queda. O iPhone 6 Plus, por sua vez, conseguiu sobreviver a apenas uma queda sem danos. Na segunda, ele já ficou bastante comprometido.

 

By Erenito Junior / AppleDestaquesMarcas / / 0 Comments

Todo lançamento de iPhone é aquela coisa – Applemaníacos fazendo fila para fora das lojas, para serem os primeiros a colocar as mãos nos aparelhos. E, claro, equipes de TV acompanham a movimentação.

Era o que acontecia em Perth, na Austrália. Uma repórter entrevistou o primeiro cliente a comprar o iPhone 6 – e o cara estava tão empolgado que derrubou o aparelho recém-adquirido durante a entrevista. Santo azar, Batman!

Confira o vídeo:

By Erenito Junior / AppleDestaquesMarcas / / 0 Comments

Os leitores do JNTelecom são mais inteligentes do que isso, mas não custa deixar o aviso: não coloque seu iPhone no microondas. Desde o lançamento do iOS 8 está rolando na internet um boato de que o novo sistema permitiria que o seu celular pudesse ter a bateria recarregada desta forma. Não pode.

O boato parece inspirado no lançamento do iOS 7, quando outros engraçadinhos tentaram enganar usuários de iPhones afirmando que o novo sistema deixava o celular à prova d’água. A montagem usava fontes e imagens típicas da Apple na intenção de enganar os usuários. Há alguns relatos de pessoas que jogaram seus iPhones na água por causa disso.

Desta vez, o recurso falso se chama “Wave”, que permite que o celular seja recarregado sem fios por meio de frequência de microondas. “O Wave pode ser usado para recarregar rapidamente a bateria de seu dispositivo usando qualquer micro-ondas doméstico”, diz a imagem obviamente falsa. A explicação diz que o iOS 8 tem drivers que permitem a sincronização das ondas de rádio do celular com as micro-ondas para recarregar a bateria.

A imagem ainda dá instruções, pedindo que os usuários coloquem seu iPhone para recarregar por 60 segundos em potência de 700 watts ou 70 segundos na potência de 800 W. “Não recarregue pelo Wave por mais de 300 segundos”, ainda diz ironicamente.

Não precisamos repetir, né? O boato é falso e colocar qualquer celular no micro-ondas só irá aquecê-lo ao ponto de fazê-lo explodir.

Fonte:  olhardigital